sábado, 22 de agosto de 2015

Séries | Quem é a 'A'? - Pretty Little Liars


Finalmente. Finalmente já não tenho porque ver esta série. Esta era a única pergunta para a qual eu exigia uma resposta e a única razão pela qual vi as últimas 3 temporadas. Adorei? Não. Depois de engonharem 6 anos, qualquer que fosse a resposta, nunca seria suficientemente satisfatória/surpreendente. 

O post contém spoilers a partir deste momento.


Com que então a Cece, Charlotte, Charles e A são a mesma pessoa... bem jogado. Acho que ninguém iria recorrer a uma teoria sobre a mudança de sexo de uma personagem para justificar o que quer que fosse e por isso, gostei. A explicação acabou por fazer sentido. O problema não é esse. O problema é a forma como foi feita a revelação.


Em primeiro lugar, achei ridículo as Liars estarem totalmente fora da ação propriamente dita, a ver tudo ser-lhes revelado por um ecrã. Acho que contacto direto no momento chave de toda a série era o mínimo.

Chegamos à conclusão que todo o mistério acerca de personagens como a Melissa, o Ian e o Wren foi desnecessário. Afinal de contas, tanto se falou destes 3 e acabaram por não servir de coisa nenhuma. Nadinha.

A Sara ser ajudante da A surpreendeu-me. E isto talvez se deva ao facto de ela ser completamente insignificante para a história e ter aparecido há 5 episódios atrás! Por amor de Deus, não dava para ser alguém amigo delas? Uma das mães com distúrbios mentais? Um dos irmãos que as odiava secretamente? Sei lá, alguma coisa que chocasse minimamente. Agora, a Sara? Há dois minutos ainda nem sabia o nome dela, nem nenhuma delas as quatro. Fiquei sem perceber o porquê de ela ajudar a Cece, quando não conhecia nenhuma das Liars de lado nenhum. Não faz qualquer sentido.


As mães não chegaram a sair da cave.

As Liars descobriram uma maneira de sair de uma sala projetada pelo génio do mal em 5 segundos, quando há uma temporada escorregavam, se fosse preciso correr rápido.

A Mona, outro génio do mal, só se apercebeu que matou outra pessoa sem ser a Alison a meio do último episódio, mesmo a Alison já tendo aparecido viva há uma/duas temporada atrás.

Ainda assim, as críticas mais importantes que tenho a fazer são 1º) o facto de tudo isto se ter passado em apenas um episódio, em vez de ter sido revelado aos poucos ao longo da temporada (que foi uma seeeeeeeca descomunal) e 2º) as seis espertinhas só terem descoberto a verdade porque a A quis e não por mérito próprio, o que teria sido bem mais interessante.

Mas não são tudo defeitos. Tenho que aplaudir os realizadores pelos últimos dois minutos, em que somos transportados para o futuro, 5 anos depois. Confesso que fiquei curiosa para saber como foi o tempo de universidade delas, como tinham acabado afinal os casais e porque raio estavam a fugir outra vez. Ah, e o cabelo da Hannah estava finalmente comprido outra vez! Muito mais giro assim, adoro!!!! Duas razões pelas quais taaaaalvez veja o próximo episódio (isso e o Caleb/Ezra). Mais uma vez bem jogado, tenho a certeza que asseguram alguns milhares de telespectadores que não contavam sê-lo nunca mais. 

Um comentário:

  1. Eu fiquei super desiludida por a Red Coat e a Black Widow serem a mesma pessoa. WHY? E o facto de terem despejado um monte de coisas chocantes fez com que o facto de a Mona ter assassinado a Bethany passasse um bocado despercebido (ainda estou chocada), quando podiam ter desenvolvido um bocado isso, mas pronto. Tal como tu, estou ansiosa para ver como é que as coisas estão passados esses cinco anos.

    P.S.: Eu ADORAVA o cabelo da Hanna curto xD

    ResponderExcluir

Seguidores

Google+ Followers

About me