domingo, 31 de agosto de 2014

Pequeno-Almoço

Especialistas dizem que é a refeição mais importante do dia (o que tem toda a lógica visto que, enquanto dormimos, passamos horas sem comer). No entanto, nas férias o meu despertador aka mãe só toca perto da uma da tarde, mesmo a tempo do almoço. Isto porque fico toda a noite nas séries e acabo por perder a manhã. Depois arrependo-me, precisamente ao ver Revenge, em que todos se levantam cedinho, tomam aqueles grandes-almoços e vão à sua vida (hei-de combinar ir tomar o pequeno almoço fora com uma amiga).


No entanto, no tempo de aulas, é algo que tenho como hábito fazer antes de sair de casa: sentar-me com a minha mãe e comer umas torradas e beber sumo/leite. Acho que é fundamental ter algo no estômago para enfrentar uma manhã cansativa e, mesmo tomando o pequeno-almoço, sinto necessidade de tomar um café ou comer qualquer coisa por volta das 11h. E é por isto que não percebo como é possível tanta gente sair de casa sem comer e passar toda a manhã em jejum até à hora de almoço! Isso faz maaaal! Depois, claro, desmaiam, como acontece frequentemente na minha turma. Eu sei que ao acordar nunca apetece comer, mas é uma coisa como qualquer outra... vai do hábito! Cuidem-se bem :)

sábado, 30 de agosto de 2014

Séries | The Vampire Diaries

Quem me conhece, está farto de saber a minha paixão por esta série. É a minha perdição, não passo um dia sem falar nela ou nos atores que lhe dão vida.

let's talk about the male cast, shall we?

Por isso é que fico mesmo muito chateada quando falo nela a alguém que nunca viu e a resposta é "vampiros? que horror, odeio o tema!". Acreditem em mim, de toda a série, o que vos vai fazer menos diferença é o facto de haver por lá vampiros. Costumo dizer que isso é só um extra de toda a história fantástica que torna a série única. Vampiros não é só Twilight, juro! Aliás, The Vampire Diaries tem todo um enredo para além da vampirada e de triângulos amorosos. De todas as séries que vejo, foi a que mais me apaixonou desde o princípio e foi a que vi mais rapidamente. Vejo-me colada ao ecrã em todos os episódios, e quando chegam ao fim fico desconsolada: "já passaram os melhores 40 minutos da semana?". Adicionando-lhe a excelente banda sonora, que faço sempre questão de realçar.

Damon's humor (I'll explain: her brother was in the kitchen)

Apesar de todas as criticas às últimas temporadas, não acho que TVD esteja a ficar sem história, mas sim a focar-se mais em outros aspetos, até porque, em cada temporada, há, por assim dizer, um 'novo rumo' que guia as personagens. 

the gorgeous Nina Dobrev

E falem-me dos finais de temporada! São sempre bombásticos e dão vontade de ver mais 22 episódios imediatamente. Daí, diria que a única coisa má acerca desta série é só recomeçar 3 meses depois do fim da temporada anterior. 


Se nunca viram, confiem em mim - que já viciei, sem exagerar, 15 pessoas - e dêm-lhe uma chance. Não se vão arrepender. (Chega rápido, Outubro!)

sábado, 23 de agosto de 2014

sair à noite


No próximo sábado à noite, os rapazes da minha turma vão fazer uma "sleepover" no apartamento do L, na Póvoa. E estão a tentar combinar com as meninas a ida a um bar/discoteca cá da zona. Como é óbvio os meus pais não me vão deixar ir. A verdade é que tenho apenas 15 anos - é aqui a parte em que todos lhes dão razão -, mas como entrei mais cedo um ano para a escola, estou habituada a sair com gente um ano mais velha que eu e é um pouco difícil para mim aceitar que todos eles possam ir sair sem problema e eu não. Para além de que, dentro de quatro meses, faço 16.  Nunca saio à noite, excepto no Carnaval, no S. Pedro e no S. António (nunca cheguei a casa depois das 3h da manhã - e chegar às 3h só aconteceu uma vez). Sou completamente contra aquelas miúdas, que ainda nem 16 anos têm e saem todos os fins-de-semana, até de manhã, com altos decotes e minissaias. Esta seria uma saída excepcional.
Por isso sim, acho que merecia esse voto de confiança da parte deles, nem que seja pelo simples facto de ser uma menina "às direitas", com boas notas, e na qual eles sabem (ou deveriam saber) que podem confiar. Ainda para mais, eles conhecem a minha turma e sabem que todos são boas companhias. Mas já sei como eles são e se falar outra vez no assunto vou ouvir 10x a frase "estás a querer crescer muito depressa". Enfim.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Kimono


O meu kimono chegou, passado 3 (?) semanas! É o tamanho que eu pedi, não tem defeitos, serve e é liiiindo como nas fotos! Estou super contente e pronta para recomeçar as minhas compras online :)

Coffee Helps

Este ano, mais que nunca, vou andar a cafés! Qual dormir, qual quê! Não devia, eu sei. Mas já sei que vai ser assim, quer eu queira quer não, por isso mais vale mentalizar-me. 


Oh, se ao menos vivêssemos nos Estados Unidos e houvesse lojinhas com café em copos giros, a cada esquina, no caminho até à escola...

terça-feira, 19 de agosto de 2014

stuff that makes me unhappy #1

stuff that makes me happy #1


Esta música de um filme da Disney Chanel que adorei ver quando era uma criança mas já me considerava uma adolescente :')

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Trabalhos que valem a pena

Estava aqui perdida no meio das minhas pastas do pc e encontrei uma com um nome super-original: "trabalhoing". Ao abri-la, encontrei imensos vídeos meus e do J do 10º ano, a representar uma cena de um filme que, na altura, era à nossa escolha, desde que o fizéssemos em inglês. Vi-os e posso-vos dizer que me ri como uma perdida durante uns bons 10 minutos. Os vídeos onde trocamos as falas, nos começamos a rir, onde ele ficou 5 segundos a tentar vestir um casaco e só depois percebeu que estava a pôr o braço na abertura errada, ou mesmo onde a luz falhou a meio de uma cena estão de-mais. Para trabalhos destes, estarei sempre pronta!

A cena incluía um jantar e, digo-vos, pão esmigalhado com nada estava ótimo.

Fifty Shades of Grey

Finalmente, depois de interrupções de meses na leitura, acabei o livro! Superou as minhas expectativas? Sim. Isto porque as minhas expectativas estavam lá em baixo quando o comecei a ler. Sabia que tinha uma enorme fama mas também sabia que era um livro com pouco conteúdo, facilmente resumido numa página e baseado em apenas sexo.


A forma de escrita da E.L.James é francamente sofrível, repete-se bastante ("a minha deusa interior", "o meu subconsciente", "não mordas o lábio", "estás a revirar os olhos?") e encontram-se facilmente frases no livro sem qualquer sentido. No entanto, gostei do livro.


A história em si não é só sexo. Acho que o grande segredo é, tal como em grandes sucessos como Twilight, o facto de um homem poderoso e muito desejado estar interessado em uma rapariga normal como muitas outras; fazer as pessoas sentir que algo assim poderia acontecer com elas próprias.
Uma das razões pelas quais gostei do livro foi precisamente por me identificar imenso com a personagem principal, Anastasia. Uma jovem que se vê num mundo completamente novo e diferente do seu, repleta de dúvidas acerca do rapaz de quem gosta. Não saber o que ele viu em si, o que pretende, se gosta dela, se é apenas mais uma, se têm os mesmos objetivos para a relação são questões naturais que qualquer pessoa poria na sua situação. E é por isso que se torna tão fácil ler o livro: rapidamente nos imaginamos no seu lugar por ser um alguém tão acessível e parecido com a comum mulher.

Dakota Johnson, a atriz escolhida para interpretar a Anastasia

Não tem história nenhuma? Claro que tem, é um romance nato com jogos de sedução e extras próprios que fazem com que a história se distinga de muitas outras. E só quem não o lê com atenção não percebe isto e chega a conclusões como "é ler pornografia". Eu consegui ler bem mais do que pornografia e fico contente por isso. Aconselho? Claro, nem que seja para que possam ver vocês mesmos do que se trata aquilo de que todos falam.

Shopping Online

Não é novidade nenhuma que todas as roupas lindas que vemos no Tumblr ou no WeHeartIt são muito dificilmente encontradas nas lojas físicas portuguesas. Por outro lado, pesquisando um pouco pelo Facebook, encontram-se inúmeros sites de vendas online com as peças mais maravilhosas que se possam imaginar e a baixíssimos preços! - Isto porque não existe um stock da loja. O que acontece é que os administradores desses sites só mandam vir de outros países (por isso é que as entregas costumam demorar 2/3 semanas) precisamente o número de peças que são encomendadas. Nunca têm prejuízo e por isso os preços são mais baixos.


O problema destas lojinhas é que não aceitam devoluções nem trocas, portanto é um risco enorme comprar lá algo visto que não se pode experimentar e se ficar mal no corpo... chapéu! Isto já para não falar dos sites fantasma que recebem o dinheiro por transferência e nunca chegam a entregar a encomenda.

No entanto, e como sempre gostei de arriscar, decidi fazer uma encomenda num site que me pareceu bastante credível, visto que havia uma grande quantidade de gente a comentar a sua satisfação com as encomendas. Claro que eu não faço ideia de quem são essas pessoas e que até pode ser um falso depoimento, mas se for o caso, e se a encomenda realmente não chegar, sei perfeitamente qual é a página e seria fácil "armar uma barracada". 


Para não correr o risco de a peça não me servir, decidi não optar por calças ou tops (que são peças que realmente precisam de ser experimentadas antes da compra), mas por um kimono mesmo giro, tamanho S, de 17euros que, nem que seja um pouco mais largo, ficará bem. A transferência foi feita há cerca de 3 semanas, por isso quando chegar a casa (estou no apartamento de férias) já lá deve estar na caixinha de correio (espero eu!). 


Alguém já teve problemas com estas coisas ou sabe de sites fiáveis para fazer este tipo de compra?

I am such a dreamer

Hoje dei por mim com 5 separadores abertos do Youtube para além do habitual Wareztuga, que hoje ficou com o episódio de Revenge pausado a meio. Acho que vi cerca de 15 vídeos sobre castings e desfiles da Victoria's Secret, um deles com 20 min e os outros com cerca de 5. Perceba-se o tempo que perdi nisto. 


Para além dos vídeos, pesquisei no google todos os requisitos necessários para fazer parte deste mundo. Altura acima de 1,70m, busto 34, cintura 61 cm, anca 86 cm. Ainda deu tempo para espreitar a biografia da Sara Sampaio e da Candice Swanepoel (só para averiguar como foram descobertas). A Candice foi descoberta numa feira, com apenas 15 anos (Aqui ri-me. Quem é que sobressai assim tanto no meio de uma multidão de uma feira ao ponto de, a partir daí, começar uma carreira de modelo? A Candice.). Já a Sara teve o normal percurso de se inscrever numa agência de modelos e ir subindo a partir daí. 


Eu não sei porque é que ando a perder o meu tempo. A minha 'carreira' é imediatamente impedida pela minha altura, uma vez que é crucial medir 1,70m ou mais para ser considerada para a passerelle e eu tenho uns mínimos 1,63m. Daí nem vale a pena verificar quaisquer outras características. Mas é sempre bom sonhar. 

domingo, 17 de agosto de 2014

white n black

Sou mesmo uma menina! Muito vaidosa com as roupas, as unhas, o calçado, a maquilhagem e o cabelo. Se os meus pais o permitissem, dava-lhes cabo da carteira em três tempos. Sou uma consumista! - não me orgulho.


Tudo isto para vos dizer algo que não tem nada a ver com o escrito acima: se abrissem o meu armário iriam ter uma visão a preto e branco (e ganga, óbvio). É verdade, por mais peças que eu compre a minha roupa anda sempre nos tons pastel e nos pretos. É raro verem-me vestida com uma peça colorida... Mas que posso eu fazer? Todos os casacos mais giros são pretos! Todas as camisolas de lã mais giras são beje! Todos os tops mais giros são brancos! 


Isto acontece sóóóó comigo?

Inspiration #1

Candice Swanepoel, 25

Nasceu na África do Sul e tornou-se numa das principais modelos da Victoria's Secret.





Isn't she lovely?

tv shows

Em quase todas as séries que começo a ver há uma personagem da qual gosto imediatamente. Não pela sua aparência ou estatuto social, mas pelo sentido de humor e personalidade. Consigo ver nessas personagens algo que me transmite confiança e imagino como seria fácil ser amiga delas. 
Gostava que isso me acontecesse tão frequentemente na vida real.

Nolan Ross, Revenge

sábado, 16 de agosto de 2014

Favourite no-longer-a-Couple

Nina Dobrev & Ian Somerhalder

future options

Estou presentemente a cerca de um mês do inicio do meu 11º ano. Como qualquer outro na minha situação, era de esperar que já tivesse bem formulado o meu objetivo profissional. Desde pequena que a minha resposta à habitual "o que queres ser quando fores grande" era um "não sei". Acho que nunca quis responder com certezas, porque me sentiria de alguma forma comprometida com determinada profissão. Hoje em dia, a resposta é a mesma e o motivo é o mesmo. A partir do momento em que disser que estou mais inclinada para algo, todos vão esperar que me torne nisso mesmo e a) não tenho certezas de absolutamente nada e b) não quero que fiquem com expectativas sobre algo que poderá não se realizar (devido a mudanças de planos, média insuficiente, etc.). 


De um aluno com as minhas notas espera-se um médico, um engenheiro, um arquiteto... E acho que sempre fui arrastada para Medicina por causa da minha família. Irmã médica, prima médica, pais que consideram Medicina a única opção viável neste país, entre outros. É o que toda a gente espera: que me torne médica. E, sinceramente, nunca me importei muito que esperassem isso. Eu própria simpatizo com o curso - de todos os que existem é dos poucos em que me veria (ignorando os livros divididos em 5 partes, com 600 páginas cada uma).


Mas também tenho o meu lado sonhador: comunicação ou então um trabalho como modelo. Emigrar para Nova Iorque, ser colunista na Vanity Fair ou até mesmo no Times, apresentar programas de televisão, ir às festas de que falam nas revistas ou até virar atriz e trabalhar numa série em Los Angeles como conseguiu a Daniela Ruah. Por outro lado, desfilar na passerelle da Victoria's Secret, fazer sessões fotográficas ao pôr-do-sol, ser capa de um catálogo de uma marca conceituada são momentos que parecem fazer parte da descrição da vida de sonho de qualquer rapariga.
MAS claro que cairia o carmo e a trindade se alguma vez falasse nisso. Porque só consegue uma em mil, porque as chances de arranjar trabalho são mínimas, porque há muita gente atrás disto, porque é um curso (jornalismo) que pode não servir de nada...


Muito provavelmente a escolha vai recair sobre Medicina. Mas juro que olho para a Sara Sampaio e invejo todos os segundos dos seus dias.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Braids

I love braids, especially hers.




Oh, Neens.

City of Angels


Quando era pequena, o meu sonho era ir à Disney, em Paris. Lembro-me perfeitamente de massacrar os meus pais quase todos os dias desde a data em que comecei a falar até ao dia em que, finalmente, me levaram (tinha eu 12 anos). Foi inesquecível, adorei tudo o que vi naquele lugar e será uma viagem que, com certeza, me recordarei durante muito tempo.

A partir dos 12, e até hoje, tenho vindo a construir uma ideia fenomenal acerca de uma cidade com que todos estamos mais ou menos familiarizados: Los Angeles. Tão perto, nos filmes e séries, mas, na realidade, tão longe, quase do outro lado do mundo. Não tenho bem a certeza o que tem esta cidade que me fascina de tal maneira. Talvez seja o facto de me imaginar em Hollywood desde pequena: a protagonizar grandes produções cinematográficas, a desfilar nas mais conhecidas passerelles, a ser a bailarina principal de uma companhia ou então só a casar com o Leonardo DiCaprio.

Los Angeles é a minha cidade de sonho. No mesmo sítio ter a parte citadina, como em Nova Iorque, e as praias paradisíacas que contém as casas mais luxuosas do mundo. Não sei o que não daria para lá ir passar umas férias ou, quem sabe, viver por uns tempos.

Enquanto o génio da lâmpada não aparece nem os meus pais ganham o euromilhões, vou passeando no Google Earth, fazendo planos de visita, vendo os preços de voo e verificando as estadias com melhor relação preço/qualidade. Sabem que de um dia para o outro, os meus pais podem querer fazer a vontade a mói… e assim já tenho tudo preparado.

P.S: O plano de visita inclui a casa do Brad Pitt. E está a vermelho, é um must see.

                                                                                 


                                          - The Day Dreamer Girl in Jeans

Seguidores

Google+ Followers

About me