domingo, 23 de agosto de 2015

"Freelee the Banana Girl" - Vegetarianismo e outras coisas


Estava a vaguear pelo youtube quando me deparei com vídeos desta pessoa. Nem sei por onde começar o quão mal disposta fiquei depois de ver um ou dois. Não quis acreditar no que estava a ouvir e a ver, mas achei que outras pessoas, com certeza, já teriam mostrado o seu desagrado nos comentários... Estava tão enganada! Os comentários eram praticamente todos positivos, a incentivar o trabalho da youtuber e até a dar sugestões para futuros vídeos. Posto isto, passo a explicar.



O que esta mulher faz é pegar numa qualquer celebridade (contando que não seja vegetariana) e criticar o mais insignificante dos pormenores acerca do seu estilo de vida e principalmente sobre a sua dieta. Basicamente, se não forem vegetarianas, ela vai arranjar maneira de vos pintar como a pior pessoa à face da terra. Não só promove impõe o estilo de vida vegetariano, como se acha no direito de apontar o dedo a qualquer ação de uma pessoa conhecida, como o simples facto de fumar, alegando que é uma falta de respeito e um péssimo exemplo para as crianças (????????????). 

O que mais me incomoda é a incapacidade que as pessoas têm de aceitar outros estilos de vida. Eu nunca fui vegetariana mas nunca disse a um vegetariano para comer carne; não sou homossexual mas não digo aos homossexuais para deixarem de o ser; não tenho religião mas não digo às pessoas para deixarem de acreditar naquilo em que acreditam. Porque é que as pessoas, quando se acham com razão, não se limitam a aconselhar, expor as suas opiniões e contar o seu lado da história? Porque é que têm de falar ao mundo como se a sua forma de ver as coisas fosse uma verdade universal e o mundo todo estivesse errado por pensar diferente?

Não acho que comer carne seja uma ofensa para o reino animal nem acho que faça de mim uma hipócrita por ser contra os maus tratos a animais. Uma coisa é a alimentação: na natureza, as coisas funcionam e sempre funcionaram assim, através das cadeias alimentares. Os homens não são herbívoros, são onívoros (alimentação à base de vegetais e carne), portanto nós precisamos de nutrientes que nos são dados através da carne bem como precisamos dos que nos são dados através dos vegetais. Outra coisa é maltratar por prazer, sem qual quer tipo de necessidade. Mas vá, nem vou entrar por aí, porque não é o meu objetivo com o post. 

O que quero dizer é que não percebo o apoio que esta rapariga recebe por ser alguém que vive para criticar o que nada lhe diz respeito e pôr pessoas umas contra as outras. Não é por não ser vegetariana que vou andar para aí à procura de vegetarianos e fazer com que as pessoas os achem repudiantes, criticando-lhes a cor das calças. Fiquei revoltada pelos vídeos e muito surpreendida pela negativa com o feedback que receberam.

Um comentário:

Seguidores

Google+ Followers

About me