sábado, 9 de janeiro de 2016

bday girl - 17 aninhos


Ontem foi o meu aniversário e foi, sem dúvida, dos melhores que já tive. Começou às 00h, com o meu telemóvel quase a bloquear de tantas mensagens fofas e engraçadas que os meus amigos mandaram. A piorzinha foi mesmo a da Leonor, que parecia vinda de uma pessoa desconhecida. Enfim. 

Também ajudou o facto de ficar livre a partir das 10h por só ter uma aula à sexta-feira. Durante o intervalo, cantaram-me os parabéns aproximadamente 10 vezes, de cada vez que um professor que era ou já tinha sido meu passava por nós. A melhor parte foi quando a minha professora de Biologia do 10º ano passou, um amigo gritou "professora, a I faz anos", ela veio dar-me dois beijinhos e foi a correr à sala dos professores buscar bolo. Voltou, tirou velas da mala (não me perguntem porque raio é que ela tinha velas na mala), acendeu-a com fósforos que também tinha trazido e cantaram-me os parabéns novamente. Com tanto aparato, até uma funcionária, o subdiretor e diretor da escola vieram cumprimentar-me e felicitar-me. Senti-me deveras importante!

Às 11h fui com a Gabriela (A) e outra amiga minha ao Norte Shopping. Queríamos ir ao cinema, mas acabamos por passar o dia nas compras por não haver sessões a horas decentes. Duas amigas minhas, com quem não estou tanto tempo como queria, também foram lá ter e fomos todas lanchar ao Jeronymo (experimentei scones pela primeira vez e gostei muito!).

Recebi mensagens durante o dia todo (incluindo do André, dá para acreditar?), publicaram fotografias comigo, recebi chamadas de pessoas inesperadas e fizeram-me sentir a pessoa mais especial do mundo!

Quando cheguei a casa, a minha mãe e a minha irmã tinham a mesa posta para muitas mais pessoas que os quatro habituais cá de casa. Vieram jantar as minhas primas gémeas que adoro, o namorado de uma delas, a minha tia mais divertida e o namorado da minha irmã. Para comer o bolo, ainda vieram um tio e uma prima do lado paterno. A casa estava cheia de gente, como eu gosto, e o jantar e bolo estavam meeeesmo bons. Passamos a noite a falar de filmes, atores, celebridades em geral, Oscars e de vídeos engraçados do youtube. O dia acabou comigo a quase chorar. Recebi imensos presentes e adorei todos (eram mesmo coisas que eu queria e até estavam na minha wishlist do natal): um macacão, uma blusa, um casaco, uma carteira, umas botas e, aquele que eu não esperava, um bilhete para um dia à minha escolha do NOS Alive! Nem acredito que, este ano, vou a dois concertos e um festival... não estava mesmo nada à espera e não podia ser melhor.

Bem me disseram que os 17 são a melhor idade... para já confirmo, sem dúvida! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

About me