quarta-feira, 4 de novembro de 2015


O meu problema e do André foi não termos seguido caminhos opostos quando acabamos a relação. É muito bonito "ficarmos amigos do nosso ex", menos quando ainda sentimos alguma coisa por eles e passamos a vida em jantares e festas com essa pessoa no grupo. Com esta brincadeira, já lá vão dois anos e meio e ainda não me interessei por mais nenhum rapaz. Não é que esteja apaixonada por ele nem nada do género, mas o que nós tínhamos era muito especial. Ele já seguiu em frente e é assim que tem que ser, apesar de ter a impressão de que ele se sente um bocadinho como eu. 

3 comentários:

  1. talvez se sinta como tu. é normal ser difícil separar as coisas

    ResponderExcluir
  2. Eu também acho que cada um deve seguir a sua vida, porque ficar presa ao passado é das piores coisas.

    ResponderExcluir
  3. é dificil separar dois mundos assim!

    ResponderExcluir

Seguidores

Google+ Followers

About me