segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

entretanto na aula de matemática

Eu: A, tenho uma coisa para te contar - Ela abre muito os olhos.
Eu: perdi a virgindade. - Ela inclina a cabeça e afasta-a para trás.
Eu: estou a gozar.
A, a rir-se: ai, ai, I... tu não podes dizer estas coisas... eheh eu depois acho que o que disseres a seguir vai ser só uma desculpa para a verdadeira confissão, e que querias ver a minha reação... nunca faças estas brincadeiras com pessoas que não sejam de confiança...
I: Então: eu gosto de uma música dos One Direction.
A: Uau. Isso ainda é pior. 
I: Não podes contar a ninguém. - Ela vira-se para trás.
A: olha, L, a I... - Vira-se para a frente - Qual é? - Abre muito os olhos e escreve um dos nomes muito rapidamente no meu caderno, como se fosse algo super confidencial.
Eu: Não. - Começo a cantarolar (grunhir ao ritmo da música) sem dizer uma única palavra corretamente, interrompendo e recomeçando dez vezes (estava a chorar de rir). Apago e escrevo muito rapidamente o nome da verdadeira música, apagando-o de seguida. Ela abana a cabeça em sinal de reprovação. 
A: I, continuo a achar que perdeste a virgindade.
Eu: Ao som desta música.
A: Sim.
Eu: Com o Harry Styles. E ele estava a cantar durante.
A: Não, tu é que estavas a cantar. A Little Things... "I'm in love with you and all your... little...things".



Depois perdi a vergonha e cantei a música toda, letra inclusive. Ela acompanhou com o instrumental e continuamos a cantar enquanto fazíamos os exercícios. A prof, que é a pessoa mais fora deste mundo que eu conheço, e que andava a apontar quem se portava mal, virou-se para nós a sorrir e disse:
"Estas  meninas são mesmo felizes e adoram Matemática! Até cantam a fazer os exercícios."

And that, girl, is why we're friends.

Se estiveres a ler isto, não me chateies amanhã por não ter escrito exatamente tudo como disseste. E sai daqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

About me